Passei para o trainee, e agora?



Por Marcella Pontes - Diretora do Administrativo-Financeiro da Verbalize Jr.



Se você adiantou sua busca, certamente encontrou palavras da tradução do inglês

como “aprendiz”, “treinamento” e “estagiário”. No Brasil, o trainee é um caminho de

grandes expectativas das empresas, pois elas não vão apenas treinar os

candidatos, mas também os preparar para assumirem um cargo de liderança

futuramente. Ou seja, o trainee é um termo utilizado para fazer referência a um

cargo ocupado por candidatos, que recebem treinamentos através de um tutor e

fazem cursos que estejam relacionados à sua área.


O principal objetivo de um programa de trainee é recrutar, desenvolver e reter

mentes diferenciadas e com notável capacidade gerencial para assumir posições

estratégicas no futuro. No processo da Verbalize não é diferente, após os

candidatos passarem por uma avaliação curricular, dinâmica em grupo, entrevista

individual e processo seletivo, os aprovados são encaminhados para o período

trainee. A partir daí, o candidato deverá mostrar à organização que está apto para

assumir o cargo que o espera ao término deste estágio de seleção.


Esse processo, apesar de longo, cansativo e desgastante, possui diversas

vantagens para ambos os lados. Para o possível contratado: oportunidade de atuar

e conhecer todos os setores da empresa, chances de adquirir conhecimento nas

diversas áreas, contato contínuo com as lideranças da organização e visibilidade em

seu currículo, afinal todos os concorrentes ganham certificado de horas por

participação. E para o contratante: possibilidade de recrutar e treinar profissionais

com extrema energia para alcance de resultados, preenchimento de vagas futuras

com profissionais já treinados, mostrar-se ao mercado como uma empresa proativa,

dinâmica e comprometida com a sociedade.


Durante o percurso, o candidato aprende algumas atribuições gerenciais, executivas

e diretamente ligadas a cada setor da empresa. Como exemplos de áreas nas quais

os trainees podem ser designados para atuar, estão: administrativo-financeiro,

comercial, projetos, comunicação e marketing e gestão de pessoas.

Tanto no recrutamento quanto durante o programa, as virtudes que mais costumam

ser levadas em consideração com relação a esses jovens são: liderança,

capacidade de comunicação, criatividade, empreendedorismo, flexibilidade, foco em

resultados, capacidade de solução de problemas, visão estratégica, visão de

negócios de forma ampla, proatividade e habilidade para trabalhar em equipe.


Quando se aposta em um projeto de trainees, o empreendedor deve ter em mente

que os jovens são escolhidos e contratados para desenvolver todas as atribuições

de caráter gerencial da empresa. No final, os aprovados são incorporados na

companhia e destinados às áreas que se destacaram.


Desejamos uma boa sorte a todos e nos vemos no trainee da V!





0 comentário