PARA TUDO: Job novo e agora, por onde começo?


Aristóteles nos disse: “O prazer no trabalho aperfeiçoa a obra”. O bem-estar no desenvolvimento das demandas perpassam por uma ação muito simples: planejamento. O verbo planejar suscita a ideia de anteceder/premeditar ações e isso, muitas vezes, pode parecer perda de tempo. Porém, para um trabalho eficiente é necessário saber o que fazer, como fazer e quanto tempo devo destinar a cada demanda. Com toda certeza, planejamento é sinônimo de um bom resultado.


Para os ansiosos de plantão, organizar as demandas que parecem ser infinitas é um ato de colocar as peças que faltavam no quebra-cabeça. Ao organizar e buscar suas referências, você é mais assertivo naquilo que busca alcançar. Otimizar seu tempo também significa alcançar resultados mais expressivos e ficar disponível para novos clientes. Pensando nisso, separamos algumas dicas idealizando o processo criativo dos seus cronogramas.


1. Saiba e entenda qual o serviço que está prestando.


Parece óbvio falar sobre isso, mas, com tantas demandas, você pode se perder. Entenda o que vai ser entregue e a partir disso projete seus caminhos.


Por exemplo: no serviço de gerenciamento de mídia social, além da produção, há postagens das artes, o tempo que se dedica estudando a rede e a interação com os usuários. De forma prática, tenha as demandas em mente para colocar no cronograma.


2. Busque referências.


É fundamental entender e analisar quais conteúdos estão com boa performance nas redes. A partir desse estudo, entenda o público a que será entregue o conteúdo produzido. Busque as preferências, saiba o que lhe trará dinamicidade visual e engajamento.


Crie uma pasta com todas as referências e fragmente os conteúdos similares, deixando-os mais específicos para facilitar consultas rápidas.


Alguns sites que ajudam no momento de idealizar os conteúdos:


Google Trends: essa ferramenta do Google mostra as principais tendências do momento, gerando insights valiosos para criar conteúdo;

Buzzsumo: é um site onde você pode inserir uma palavra-chave ou domínio para saber quais conteúdos estão sendo mais compartilhados em torno desse assunto;

Answer the Public: similar ao Buzzsumo, o Answer The Public mostra o que mais as pessoas estão pesquisando de acordo com a palavra-chave inserida;

Pinterest: nessa rede social é possível encontrar diversas imagens e ideias inspiradoras para qualquer nicho.

3. Essa é a hora de “colocar a mão na massa”.

Crie uma tabela de cronograma com informações básicas, contendo o que será feito, o deadline, as referências e a descrição sobre o que vai ser produzido. É importante lembrar que a tabela é personalizada de acordo com cada demanda e da forma que for mais prática para você. O intuito é dinamizar o trabalho, pois o que importa é tê-la em mãos e desfrutar dos seus benefícios na execução.

Use aplicativos que auxiliem a organização das demandas. O Trello é uma plataforma on-line, onde é possível adicionar os membros da equipe e fazer quadros com espaço para comentários ou check-list. Lembre-se: na hora de se organizar, tudo é válido!


4. Proponha metas para você e sua equipe.


Além de todas as dicas que passamos, não poderiam faltar as metas. Elas proporcionam o desafio daquilo que queremos alcançar com o trabalho em equipe ou nas demandas individuais. É muito eficiente propor ações que nos levem a sonhar e apostar naquilo que acreditamos.


0 comentário