Entenda a importância de ter a satisfação do cliente como principal peça no processo de vendas


Um processo de vendas pode ser mais assertivo e bem estruturado que apenas oferecer um produto ou dizer dele na rede social. Para os pequenos empreendedores em pequenos comércios, e principalmente em pequenas cidades, talvez este seja um mundo distante e até estranho, por isso vamos descrever aqui algumas dicas.


Primeiro conheça o seu negócio, que público ele atende e qual missão você tem. Entenda (e uma boa dica é: escreva) o que você quer entregar como valor para estas pessoas, a sensação e o resultado final. Por exemplo: a Verbalize é uma empresa de serviços em comunicação que atende pequenos e médios empreendedores de diversas áreas do mercado. Nossa missão é entregar não só um produto final, mas fortalecer um bom diálogo para feedbacks, e o contato próximo das partes para que o cliente alcance o resultado desejado. Nós alinhamos as expectativas e prezamos o conceito de nossa marca dentro da comunicação.


Então pense: Quem é meu cliente ideal? Quais produtos ou serviços ofereço para ele? Qual dor ou necessidade do cliente minha empresa atende? Quando entendemos quem somos e o que queremos entregar e acreditamos como valor essencial para o processo, as vendas podem ser assertivas. Porém é importante sempre ter o cuidado de não gerar expectativas que não podem ser atendidas, então sempre alinhe com o cliente o que ele quer, e o que e como você ou sua empresa pode entregar.


Estude quem precisa do seu serviço para conseguir gerar valor, entenda os anseios e objetivos dele. Se seu negócio vende um serviço, esteja atento no processo e ofereça acompanhamento o andamento definindo uma linha do tempo de marcos no projeto. Tenha tudo claro e quando chegar aos pontos definidos converse com ele e peça feedbacks. Não tenha medo de ver erros e nem medo de mostrar os acertos. Seja sempre sincero com o cliente. Além da boa relação, o processo de acompanhamento pode gerar insights sobre serviços a mais que a empresa pode oferecer para melhorar os resultados, então esteja alerta para oferecer complementos no momento certo.


A “era do cliente” é o momento atual do mercado, onde o relacionamento é mais valorizado que vender só pelo lucro. Um cliente satisfeito pode fazer o nome da sua marca no “boca a boca”, podendo elogiar ou não. Então preste atenção nos possíveis advogados de marca (aqueles consumidores satisfeitos que defendem uma marca), sempre garanta bom atendimento e mostre valor e procure conexão. Para isto, crie pontos de contato e empatia com seus clientes de acordo com os valores estabelecidos da sua marca. Valores compartilhados tem mais facilidade em engajar o comprador. E todos nós buscamos conexão, então pense em uma boa marca que você se identifica e adote processos semelhantes nas suas vendas, mas sempre sendo autêntico e marcando a identidade de sua marca.


CONTATO

Rua do Catete, 166 - Centro

ICSA/UFOP

Mariana, MG - 35420-000​

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco