A importância do descanso no Home-Office




Tudo parou, mas a sensação de ter que continuar apesar de tudo persiste em ficar. No começo, ninguém fazia ideia do que iria de fato acontecer. Fizemos mala de 15 dias para voltar para casa. Já se passaram 7 meses. Mostrando que não, ninguém sabia o que estava por vir.

Porém, no início muito se falava sobre produtividade, sobre como continuar no meio do caos. Olhando pra trás agora, é muito complexo o fato de enquanto um vírus matava milhares de pessoas pelo mundo inteiro, pouco se pensava em parar e simplesmente ficar seguro. Se escutava muito em links para treinos de academia online, cursos online de francês a marcenaria. O mundo parou, mas parecia que ninguém podia ficar parado. Nem se tivesse trancado dentro de casa.

Muitos sentem um certo incômodo ao estar simplesmente descansando, e isto é normal. Vivendo em uma sociedade multi-conectada onde estamos sempre fazendo com que nosso cérebro esteja racionalizando, é difícil desligar as vezes. Mas em um momento de tanta obscuridade, é importante repensar nosso modelo de vida, vale mesmo a pena desgastar o emocional, suprimir o subjetivo e ignorar o lazer em busca de um “modelo” de vida que é socialmente imposto a nós?

Produtividade é importante, ela é uma das ferramentas que nos leva aos nossos objetivos. Mas antes disso, deve-se vir o mais essencial: a saúde mental. Deveríamos pensar no nosso bem estar como a base de tudo. Sem ela em dia, tudo desmorona.

Você tem cuidado da sua? Sua agenda é cheia de lista de coisas a se resolverem, ou você anota afazeres que te trazem prazer também? Já experimentou não fazer nada? Simplesmente existir por 50 minutos ou assistir um filme que não vai acrescentar intelecto nenhum a você? Descansar faz parte. Tudo bem desligar-se um pouco do mundo as vezes.

E não é errado pensar na saúde mental, não é feio ou inaceitável tirar um tempo do trabalho ou dos estudos para simplesmente…. ser. Existir, sentir a existência, sentar no quintal, olhar para o céu, ouvir uma boa música. O discurso meritocrata, enraizado na nossa cultura estará sempre soprando no nosso subconsciente: “trabalhe enquanto os outros dormem”, “estude enquanto os outros se divertem”. Não! descanse sim, durma bem. Esse discurso canalha só ajuda aqueles que diariamente se saciam da face escura do capitalismo. Corajosos são aqueles que sabem o tempo do seu descanso e seus limites, e são capazes de dizer “chega, preciso de descanso”.

Cabe também levantar aqui a questão da importância da terapia para todos. Muito se ouve sobre questões relacionadas à saúde mental, onde parte da população insiste em minimizar esses transtornos. É de extrema importância cuidar de si em seu ambiente cotidiano, porém mais importante ainda é ter um acompanhamento profissional em casos de agravamentos das condições psíquicas. Certamente, muitos dos que dizem que é “só uma fase”, ou que “está querendo chamar a atenção”, nunca tiveram a noção da dimensão de transtornos mentais. O papel da psicologia em tempos como estes é fundamental e deve ser, como sempre, vangloriado.

Por isso, não espere chegar ao colapso de sua sanidade mental, tire um tempo para você, procure um profissional que irá te ajudar. É de suma importância ter o equilíbrio em tudo que fazemos, principalmente no contexto que vivemos atualmente, saia do mundo do trabalho e de resolver problemas do cotidiano e, faça algo que goste. Desconecte do mundo onde tudo é focado em produzir e dê atenção para o que realmente é importante, você mesmo.

CONTATO

Rua do Catete, 166 - Centro

ICSA/UFOP

Mariana, MG - 35420-000​

  • Instagram - White Circle
  • Facebook - Círculo Branco
  • LinkedIn - Círculo Branco